O sobrenome Bettonica: heráldica, brasão de armas e brasão de armas

Se seu sobrenome é Bettonica, certamente em mais de uma ocasião você já se perguntou sobre a heráldica do sobrenome Bettonica. Da mesma forma, você pode estar interessado se o sobrenome Bettonica pertence a um parente seu ou a alguém muito importante para você. A heráldica de sobrenomes é um mundo fascinante que ainda hoje atrai muita atenção, e é por isso que cada vez mais pessoas perguntam sobre a heráldica do sobrenome Bettonica.

A heráldica de Bettonica, um tema complicado

Às vezes pode ser muito confuso tentar explicar como funciona a heráldica do sobrenome Bettonica, no entanto, vamos tentar explicar a heráldica do sobrenome Bettonica da maneira mais simples possível. Recomendamos que para entender melhor tudo o que vamos lhe dizer sobre a heráldica do sobrenome Bettonica, se você não está totalmente familiarizado com o assunto de como surgiram os brasões e a heráldica, você deve ir à nossa página principal e ler a explicação geral que lhe damos lá, para que você possa apreciar melhor tudo o que compilamos sobre a heráldica do sobrenome Bettonica para você.

Brasão, brasão de armas e heráldica de Bettonica

Da mesma forma, e para facilitar as coisas, pois entendemos que a maioria das pessoas que procuram informações sobre a heráldica do sobrenome Bettonica estão especialmente interessadas no brasão do sobrenome Bettonica, sua composição, o significado de seus elementos e se existem vários brasões de armas para o sobrenome Bettonica, bem como tudo mais que possa ter a ver com o brasão do sobrenome Bettonica; tomamos a liberdade de sermos flexíveis e usarmos as palavras heráldica e brasão de armas de forma intercambiável quando nos referimos ao brasão Bettonica.

Contribuições para a heráldica do sobrenome Bettonica

Esperamos que a flexibilidade em relação ao brasão do sobrenome Bettonica não seja tomada como uma falta de seriedade de nossa parte, pois estamos constantemente pesquisando para poder oferecer a informação mais rigorosa possível sobre os brasões Bettonica. Entretanto, se você tiver mais informações sobre a heráldica da Bettonica, ou se notar um erro que precisa ser corrigido, por favor, informe-nos para que possamos ter a maior e melhor informação na rede sobre o brasão da Bettonica, explicada de forma simples e fácil.

  • Banda cruzada - 1. Diz -se da peça que é composta pela união da cruz e da banda.
  • Barbaja - 1. peça que consiste na união da cintura e na metade inferior da barra
  • Caverna - 1. É representado no semicírculo irregular carregado em uma montanha, de esmalte diferente.
  • Cebola - 1. É representado com cabeça arredondada ou alongada, cortada e com raízes.
  • Cruz de San Andrés - 1. Cruzado formado por duas barras cruzadas colocadas na ASPA. (V. Cruz ASPA).
  • De heraudie - 1. É o mais antigo tratado heráldico conhecido, escrito na língua anglo-normanda até os anos 1341 e 1345, de acordo com M. de Riquer. Embora existam alguns ainda mais velhos do final do século XIII, na forma de rolos. (Veja Armorial)
  • Jironado - 1. Diz -se que o escudo, festa, fatia e trchado cortado, compondo oito frangalhos que convergem no centro ou no coração do escudo. Os frangalhos devem ser alternados com metal e cor. O Jironado pode ser treinado ou acidental. Quando não chega
  • Nação, armas de - 1. Eles são aqueles usados ​​por nações, reinos e repúblicas.
  • Olmo - 1. Esta árvore é representada alongada. Simbolismo: dignidade.
  • Ordens - 1. Termo usado para designar o número de peças, cintos iguais repetindo com alternativa entre metal e cor.
  • Ponte cercada - 1. Aquele que carrega peças triangulares para sustentar os cofres.
  • Potente - 1. Este termo é aplicado ao campo de escudo coberto por poenzas dispostas para que o campo possa ser visto. 2. Termo usado para designar a cruz, cujos extremos dos braços terminam em um potente. 3. Diz -se sobre o cinto
  • Quixote - 1. Arnés peça que cobre a coxa.
  • Santo Sepulcro, Ordem do - 1. Ordem militar instituída no leste por ocasião das Cruzadas e posteriormente estabelecida na Espanha em 1141.